Noticias

Nova condenação de 45.900 Euros por assédio moral no trabalho

Devido à intervenção do STRUN foi possível à cerca de um ano, a ACT condenar a empresa "TRANSPORTES NOGUEIRA, S.A.", com sede em V.N.Famalicao, e com cerca de 400 trabalhadores, ao pagamento de uma coima de 42.840,00 €, por assédio moral/discriminação, a um trabalhador nosso associado, decisão essa que foi já confirmada pelo Tribunal da Relação de Guimarães.

Agora, fomos notificados por outra queixa que fizemos da mesma empresa, relativo a um outro trabalhador nosso associado, de uma nova condenação, desta feita, numa coima de 45.900,00 €, novamente por mobbing no trabalho.

Ora, trata-se de uma prática cada vez mais frequente, ainda que disfarçada e de difícil prova, e que, por isso mesmo, impõe a sua divulgação a todos em geral.

O STRUN continuará a denunciar todos os casos que tenha conhecimento e lamenta que nem todas as autoridades das condições de trabalho funcionem como a de Famalicão.

Tribunal da Relação confirma coima por assédio moral/discriminação importante 

Na sequência de uma coima da ACT à empresa "Transportes Nogueira" de Famalicão, por assédio moral/discriminação de trabalhador, o processo chegou ao Tribunal da Relação que a confirmou, condenando a empresa.

Esta decisão do Tribunal da Relação é a sequência de recurso do STRUN e o Ministério Público para o Tribunal da Relação de Guimarães, e, no dia de ontem, o Sindicato foi notificado do Acórdão que volta a dar razão ao trabalhador, e mantém a condenação da empresa, reafirmando a coima de 42.840,00 €, a pagar pela empresa.

É mais uma prova que vale pena lutar contra as diversas formas de assédio moral/discriminação, de pressão e chantagem, dos trabalhadores que lutam pelos seus direitos e pela salvaguarda da sua dignidade.

Com a intervenção sindical os trabalhadores ficam a ganhar!